De onde surge uma nova ideia? Aquela que pode mudar uma indústria ou até a sociedade?

A criatividade é a capacidade de criar ligações entre as coisas. Ao ser criativo, você pode interligar as suas experiências e conhecimento, sintetizá-los e criar novas ideias. Isto acontece porque você tem mais experiências ou pode refletir mais sobre essas experiências do que as outras pessoas.

Agora, vamos falar acerca de diferentes tipos de pensamento!

Todas as pessoas possuem pensamento convergente e divergente. O pensamento divergente pode ajudá-lo a gerar novas ideias através da exploração de novas soluções, enquanto que com o pensamento convergente você junta todas as suas ideias e pensa sobre as etapas lógicas que levarão a novas soluções. É por este motivo que o pensamento divergente é importante para o pensamento criativo.

Fonte: https://psychologenie.com/convergent-thinking-vs-divergent-thinking

Assim, o que é o pensamento criativo?

Com tudo isto em mente, podemos definir o pensamento criativo como uma forma de olhar para os problemas e encontrar soluções menos ortodoxas. Pensar de forma original e usar a sua imaginação sob uma perspetiva diferente é o que é conhecido como “pensar fora da caixa”.

Atualmente, existe um crescimento da inovação tecnológica o que torna a criatividade valiosa. Contudo, para realçar o pensamento criativo, os investigadores decompuseram a criatividade num conjunto de ferramentas para a geração de ideias. A definição de criatividade tornou-se mais científica e você pode ouvir o termo tecnologia de imagem em vez de criatividade. No entanto, qualquer que seja o termo, a chave para ser criativo está na identificação de ligações e associações entre diferentes áreas de conhecimento. O que precisa para encontrar estas ligações é de curiosidade, energia e abertura de mente.